Javier Sáez Salgado

A numismática e

  • Presidente do Conselho de Administração de NUMISMA, Sociedade de artigos de Numismática, S.A.;
  • Licenciado em Finanças pelo Instituto Superior de Economia de Lisboa;
  • Numismata - Avaliador de moedas principalmente de ouro;
  • Especialista em moedas suevas e visigodas; Portugal e Colónias, incluindo Brasil e a Índia portuguesa;
  • Notas raras de Portugal, colónias e medalhas dos séculos XVII a XIX;
  • Bibliografia Numismática rara;
  • Membro do Conselho Numismático da Imprensa Nacional - Casa da Moeda desde 1982;
  • Perito e avaliador para o Banco de Portugal;
  • Comendador da Ordem Internacional de Mérito do Descobridor do Brasil, Pedro Álvares Cabral;
  • Desempenha o cargo de consultor da Lusitania, Companhia de Seguros, S.A. (possui um excelente Museu de Numismática, em Lisboa), Consultor da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda (possui um excelente Museu de Papel Moeda, no Porto);
  • Importante colaboração em assuntos numismáticos com o Millennium BCP (possui uma das melhores coleções de Numismática em Portugal);
  • Ex-membro do Conselho Cientifico do BESNumismática, (2007-2014);
  • Presidente da Direção do Clube Numismático de Portugal (1978-1982);
  • Foi Presidente do Conselho Fiscal da Sociedade Numismática Scalabitana;
  • Sócio da Sociedade Portuguesa de Numismática (Porto) e da Associação Numismática de Portugal (Lisboa);
  • Sócio número 1 da Associação Portuguesa de Colecionadores de Papéis de Valor (foi Presidente da Direção e mais tarde Presidente da Assembleia Geral);
  • Responsável e colaborador de referência na organização do Museu do Papel Moeda da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda e do Museu BES (hoje Novo Banco);
  • Colaborador e articulista em vários jornais diários e semanários, bem como revistas da especialidade e outras;
  • Participou em 3 Congressos Nacionais de Numismática, tendo sido um dos organizadores do 1º Congresso de Numismática em Portugal em 1980, na Fundação Calouste Gulbenkian;
  • 4 Encontros de Numismática em Guimarães, na Sociedade Martins Sarmento;
  • Simpósios de Numismática em Santarém, 1984, 1986 e 1988;
  • XII Conferência de Diretores das Casa da Moeda de todo o mundo, 1982;
  • 9º Congresso Internacional de Numismática na Bélgica, 1984;
  • VIII Semana de Numismática de Espanha em Barcelona, 1986;
  • 10º Congresso Internacional de Numismática, em Londres, 1986;
  • Organização da comemoração dos 200 Anos de Papel Moeda em Portugal, na Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, 1997;
  • Academia Falerística de Portugal (Ordens Honoríficas e Condecorações) - Académico nº 92 (Efectivo).

 

Participação em eventos

  • Organização de exposições, palestras e feiras de colecionismo, várias em Lisboa, com destaque para a Numária de D. Fernando I, (com a importante coleção de Carlos Marques da Costa), no Hotel Tivoli em 1978;
  • Exposição da Numária do Brasil, em simultâneo com a apresentação do Livro Moedas do Brasil de Joaquim Ferraro Vaz, com a presença do ministro da Justiça, Doutor Mário Raposo, no Hotel Méridien, em Lisboa, 1985;
  • Apresentação do Livro das Moedas de Ouro de Portugal 1185-1889, no Hotel Radisson, em Lisboa, 2000, prefaciado por Dr. José Miguel Correia Noras e apresentado pelo jornalista e académico António Valdemar;
  • Apresentação do Livro das Moedas de Ouro de Portugal, séculos V-XX, em Lisboa 2006, editado pela Numisma e patrocinado pela Accenture, tendo sido apresentado pelo Presidente da Accenture, Dr. José Galamba de Oliveira;
  • Exposições no Funchal (1977 e 1978), Beja (1977, 1978 e 1979), Caldas da Rainha, ”Os 90 Anos do Pataco Bordalo Pinheiro” 1985 com uma palestra sobre o tema;
  • Guimarães, I Exposição de Numismática e Medalhística na Assembleia de Guimarães (possui um excelente acervo de moedas de várias épocas);
  • Cascais – exposição comemorativa da Inauguração da 1ª dependência do Banco Mello, em 1994;
  • Importante Exposição no Parque das Nações, Moedas de Ouro e Notas de Portugal, Oito séculos de História, com moedas apenas das coleções Carlos Marques da Costa e Lusitania S.A. e notas do Banco de Portugal, em Lisboa, 2002 de que Javier Salgado foi o Comissário, tendo sido apresentado um catálogo prefaciado pelo Professor Doutor, Joaquim Veríssimo Serrão, Presidente da Academia Portuguesa da História;em Montemor-o-Velho;
  • Exposição de “O Dinheiro no Tempo de Fernão Mendes Pinto” Set/Out 2012, coordenada pela Imprensa Nacional – Casa da Moeda e pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, comissariada pelos membros do Conselho Numismático, Javier Salgado e José Godinho Miranda;
  • Em Lisboa, foi preparada uma exposição de moedas e barras muito raras do Brasil, de grande importância com a designação, o BESNumismática e o Brasil, que teve lugar no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro em 2013;
  • O Diretor-Geral do Património Cultural, o Diretor do Palácio Nacional da Ajuda, o Presidente do Conselho de Administração da Imprensa Nacional – Casa da Moeda e o Presidente do Conselho Administrativo da Fundação da Casa de Bragança, realizaram um evento para apresentar o livro da Coleção Numismática de D. Luís, de Javier Sáez Salgado e José Godinho Miranda, na Sala D. Luís, no Palácio da Ajuda, no dia 22 de Maio de 2014;
  • A apresentação foi feita por Dr. José António de Arez Romão, membro das Academias da História e de Marinha. Foi um enorme sucesso, com muitos interessados, incluindo importantes figuras públicas da cultura portuguesa;
  • Em 2014, Javier Sáez Salgado esteve na Namíbia para colaborar com o Prof Luis Filipe Thomaz no estudo das moedas (a grande maioria de Espanha) encontradas em 2008 entre os despojos do “Bom Jesus”, um navio que naufragou em Oranjemund na costa daquele país africano.

 

Visitas e estudos em museus relacionados com Numismática

  • Portugal, em Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Banco de Portugal – Febo Moniz, Lusitania, Companhia de Seguros S.A., BESNumismática, agora Novo Banco e Museu do Dinheiro, Banco de Portugal e Fundação Calouste Gulbenkian, no Porto, Banco Pinto de Magalhães hoje Millennium BCP, Fundação Engenheiro António de Almeida e Gabinete de Numismática (Casa Tait), Condeixa, Figueira da Foz, Guimarães, entre outros;
  • Alemanha, Munique, Museu de Numismática; Espanha, Madrid Museu Nacional de Arqueologia e Casa de La Moneda y Timbre;
  • Estados Unidos, Nova Yorque, Hispanic Society (visualização e estudo das moedas de Portugal);
  • França, Paris, Cabinet des Médailles de Paris (visualização e estudo das moedas de Portugal, inclusive fotos);
  • Inglaterra, Londres British Museum (visualização e estudo das moedas de Portugal).

 

Trabalhos Publicados

  • Livro das Moedas de Portugal, atualizações, com Joaquim Ferraro Vaz, (o grande decano da Numismática durante a segunda metade do século XX), em 1978, 1984/85 e 1987/88;
  • Relatório e Contas 1991, Lusitania S.A., 800 Anos de Ouro Amoedado Português- Dr. José António de Arez Romão – colaboração especial de Dr. Javier Sáez Salgado;
  • O Papel Moeda das Antigas Colónias Portuguesas (importante colaboração da Dra. Lídia Barros – B.N.U.), Lisboa 1997, edição da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda;
  • Coleção Lusitania, por Dr. José António de Arez Romão, Lisboa 1999, o autor agradece a colaboração do especialista Dr. Javier Sáez Salgado, no âmbito do estudo das moedas suevas e visigodas;
  • Moedas de Ouro de Portugal 1185-1889, Lisboa 2011, edição Numisma;
  • História da Moeda em Portugal, (serviu de base para esta obra a importante coleção de Carlos Marques da Costa), Lisboa 2001, edição Abril/Controljornal;
  • Moedas de Ouro de Portugal séculos V-XX, Lisboa 2006, edição Numisma;
  • Relatório da Lusitania S.A., de 2007, num texto alusivo à obra e vida de D. Afonso Henriques, com particular ênfase na fundação da nossa nacionalidade, o autor agradece entre outros a colaboração do Dr. Javier Sáez Salgado; Coleção Banco Espírito Santo (Coleção Carlos Marques da Costa) por Javier Salgado e Godinho Miranda, edição Banco Espírito Santo, Lisboa 2008;
  • Numisma – Leilões 20 anos 1989-2009, Javier Salgado e Jaime Salgado, edição Numisma, Lisboa 2010;
  • O BESNumismática e o Brasil, por Javier Salgado e Godinho Miranda, edição Banco Espírito Santo, Lisboa 2013;
  • Coleção D. Luís, Javier Salgado e Godinho Miranda, edição Imprensa Nacional – Casa da Moeda e Fundação da Casa de Bragança, Lisboa 2014, com Notas Introdutórias de Dr. António Osório, Presidente do Conselho de Administração da Imprensa Nacional-Casa da Moeda e de Professor Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente do Conselho Administrativo da Fundação da Casa de Bragança. Do Prémio Grémio Literário os autores receberam uma menção honrosa pelo Livro, Coleção Numismática de D. Luís;
  • 25 anos A NUMISMÁTICA EM PORTUGAL, O papel da Numisma no seu desenvovimento, dedicado ao meu irmão Jaime Salgado edição Numisma, Lisboa 2015.

 

Os leilões mais marcantes da Numisma

  • Leilão n37

Dezembro de 1998 – "Moedas de Ouro Portugal e Brasil –Coleção Paulo de Lemos 500 Anos de Moedas" | com 1629 lotes | Uma fabulosa coleção com moedas raríssimas do período medieval. Apresentou pela primeira vez em leilão uma Peça 1818 Lisboa, da qual se conhecem apenas 3 exemplares.

 

  • Leilão n39

Maio de 1999 –"Raridades de Ouro – Portugal – Ensaios e Provas” | com 646 lotes.

 

  • Leilão n41

Outubro de 1999 – "Moedas de Portugal e Colónias – Coleção Dr. João Paredes" | com 495 lotes | Destaque para um lindo Português de D. Manuel I e uma Meia Peça 1805 de D. João, Príncipe Regente.

 

  • Leilão n42

Novembro de 1999 – "Moedas batidas a martelo – Coleção António Olmos" | com 693 lotes | Fabulosa coleção com destaque para os 9 Morabitinos de D. Sancho I que aparecem pela primeira vez no mesmo leilão.

 

  • Leilão n44

Abril de 2000 – “Moedas de Ouro de Portugal – Coleção Vinho do Porto” | com 182 lotes.

 

  • Leilão n52

Junho de 2002 – “Moedas Raras de Portugal” – Coleção Cruzado Lusitano I | com 232 lotes.

 

  • Leilão n53

Outubro de 2002 –"Moedas de Ouro de Portugal e ex Colónias – Coleção Aquae Flavia” | com 348 lotes.

 

  • Leilão n54

Novembro de 2002 – “Moedas Raras de Portugal – Coleção Cruzado Lusitano II” | com 425 lotes.

 

  • Leilão n55

Dezembro de 2002 – Coleção Rive Gauche I | com 248 lotes.

 

  • Leilão n56

Março de 2003 – “Moedas de Portugal e Luso Indianas – Coleção Seara Antiga” | com 596 lotes.

 

  • Leilão n64

Junho 2005 – Moedas de Ouro – Coleção Dr. Mikhael Essayan (neto de Calouste Gulbenkian) | com 461 lotes | Uma fantástica coleção com moedas de ouro raras em excelente estado de conservação.

 

  • Leilão n67

Junho de 2006 "Moedas de Portugal – Coleção Douro –José Rodrigues d'Araújo Lima" | com 584 lotes | Excelente conjunto de moedas romanas e destaque para os X Réis 1791 com carimbo "20 e roseta" moeda única.

 

  • Leilão n68

Outubro de 2006 – “Moedas de Ouro e Notas de Portugal – Coleção Rive Gauche II" | com 505 lotes.

 

  • Leilão n69

Dezembro de 2006 – “Moedas Raras de Ouro – Coleção Arrábida” | com 372 lotes.

 

  • Leilão n71

Junho de 2007 – “Moedas de Ouro de Portugal – Coleção Dobrão” | com 489 lotes.

 

  • Leilão n76

Outubro de 2008 – “Moedas de Ouro – Portugal e Brasil – Coleção Efigie Real" | com 124 lotes.

 

  • Leilão n86

Dezembro 2010 – Importante Coleção de Moedas de Ouro de Portugal e Brasil – Coleção Dr. Elmano Costa | com 534 lotes | Considerada uma das mais prestigiadas e completa coleção portuguesa que a Numisma vendeu.

 

 

  • Leilão n90

Dezembro 2011 – Importante Coleção de Moedas de Ouro de Portugal e Brasil – Coleção Carvalhal | com 474 lotes | Um aureo romano de Domiciano da mais alta raridade, em estado de conservação soberbo, o Tesouro de Casal, Friume e um Tremissis do Reino dos Suevos – único.

 

  • Leilão n95

Março de 2013 – Portugal, Brasil e Colónias – "Moedas de Ouro – Coleção Pessa" | com 812 lotes.   A melhor coleção de moedas de ouro de Portugal e Brasil vendida pela Numisma.

 

  • Leilão n96

5 de Junho de 2013 Moedas de Ouro de Portugal e Brasil – Coleção Condeixa / 579 lotes. Moedas e medalhas de ouro muito raras com especial destaque para celebre Peça de 1818 de Lisboa de D. João VI das quais apenas se conhecem 3 exemplares, Presentes nas coleções do Banco de Portugal, Millennium BCP e Novo Banco.

 

  • Leilão n97

11 de Dezembro 2013 Moedas de Ouro de Portugal e Brasil – Coleção HISPÂNIA / 536 lotes. Morabitino em excelente estado de conservação.

 

De grande destaque os leilões 100 - Coleção Óis, 103 - Coleção Algarve II, e finalmente a melhor coleção que vendemos em 41 anos, Coleção Porto Vintage, 2015-2016, em 3 leilões, 104, 106 e 108 – cerca de 4.500 moedas, 1.200 de ouro num total de 2.159 lotes e vamos realizar no dia 27 de Abril de 2017 uma interessante coleção, Ilha da Madeira de um saudoso amigo e cliente desde 1976, da primeira hora, da primeira lista de vendas da Numisma.

Seguir-se-ão, em Junho de 2017 o Importante Leilão Lezírias e em Outubro de 2017 com moedas de ouro de grande qualidade o Leilão Galaico-Duriense.

D. João V

Peça 1727 B

D. João III

Português

T +351 217 931 838 / +351 217 932 194 | Fax +351 217 941 814 | info@numismaleiloes.com